Cuidados com feridas que poucas pessoas conhecem

Uma ferida é uma deformidade ou lesão, podendo ser superficial ou profunda, fechada ou aberta, aguda ou crônica, simples ou complexa que pode surgir por diversas causas.

As feridas também são consideradas interrupções na continuidade da pele que possam comprometer a sua integridade, neste conteúdo nós falamos melhor sobre como classificar feridas.

Nosso enfermeiro especialista em Tratamento de Feridas, Paulo Ramon Correia dos Santos, respondeu algumas perguntas sobre cuidados com feridas que pouca gente conhece e que fazem a diferença no tratamento dos pacientes.

Alguns cuidados com feridas são essenciais para garantir o tratamento adequado

Alguns cuidados com feridas são essenciais para garantir o tratamento adequado

O que os pacientes geralmente não sabem sobre feridas?

A maioria dos pacientes não sabem classificar feridas ou entendem como elas são formadas. Uma ferida é a perda da continuidade dos tecidos ocorrendo modificação da estrutura normal da pele.

A pele é o maior órgão do nosso corpo que tem função de proteção e controle da temperatura corporal. Formada por 3 camadas, sendo elas a epiderme, derme, hipoderme ou tecido subcutâneo.

Existem alguns tipos de feridas, sendo elas: superficial, profunda, simples ou complexas. Elas são classificadas quanto ao grau de contaminação e apresentam estágios de comprometimento de tecido que vai I, II,III e IV

A ferida não pode estar seca

Poucos sabem de algo muito importante: que a ferida não pode estar seca e nem com umidade excessiva. A ferida tem que permanecer sempre fechada, sendo com ataduras ou coberturas especiais.

Não adianta querer exagerar nas pomadas

Não é quantidade de pomadas que o paciente aplica na ferida que vai melhorar o quadro do paciente. Tudo isso é aliado a uma boa alimentação, que ajuda no processo de cicatrização da ferida, e ao uso correto das medicações.

Trocar o curativo várias vezes por dia não adianta

A realização de várias trocas do curativo durante o dia não vai resultar em melhoras no tratamento de feridas e as secreções das feridas nem sempre são infecções.

Quais são as feridas mais comuns hoje em dia?

Posso dar o exemplo do cotidiano da clínica, aqui na AngioLife. Por tratarmos em grande parte de pacientes com problemas vasculares as feridas mais comuns encontradas são as úlceras venosas, arteriais e mistas de membros inferiores.

Quais são os cuidados que poucas pessoas sabem?

A ferida não depende só de uma pomada, remédio ou curativo. Ela depende também de um processo que envolve o paciente, família, profissionais capacitados formando uma equipe.

É importante deixar claro que a ferida tem processos de cicatrização que envolve vários eventos e situações especiais.

O sucesso desse processo vai depender do trabalho em equipe: o paciente realizando as orientações e cuidados, a família na vigilância, e os profissionais com sua competência e capacidade técnica.

Qual é a importância do enfermeiro no cuidado com feridas?

O profissional enfermeiro possui um papel fundamental no cuidado do paciente e desempenha um trabalho de extrema relevância no tratamento de feridas pois acompanha a evolução da lesão, orienta e executa o curativo.

O enfermeiro é um dos profissionais que complementam a equipe no tratamento de feridas

O enfermeiro é um dos profissionais que complementam a equipe no tratamento de feridas

O sucesso no tratamento de feridas depende da competência, conhecimento e capacidade de avaliar e selecionar adequadamente técnicas e recursos para uma intervenção efetiva no tratamento de lesões.

E se o paciente não souber tratar as suas feridas?

As pessoas nos dias atuais inicialmente tendem a buscar toda e qualquer tipo de informações na internet, mas é importante destacar que o tratamento de feridas depende de avaliação e conduta de profissionais.

O paciente deve buscar um profissional capacitado para que possa realizar o acompanhamento orientação e execução da ferida.

Quer conhecer melhor como funciona o tratamento de feridas? Entre em contato com nossa equipe de especialistas aqui na AngioLife. Somos referência no diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças vasculares e feridas.

Comente pelo Facebook